O POSSÍVEL ESTADO DE EMPATIA NA RECEPÇÃO VIRTUAL

Autores

  • Raimundo Kleberson de Oliveira Benício UFBA/PPGAC

Palavras-chave:

Virtualidade, Recepção virtual, Vídeoclipes de Björk

Resumo

O objetivo deste recorte tem como foco apresentar alguns tensionamentos aos objetos da instalação-filme Black Lake (2015) e Stonemilker (2015) da artista irlandesa BjörkGuðmundsdóttir. Para isso, são reunidos diferentes materiais de experiências empíricas receptivas de usuárias e usuários natos da internet dos referidos objetos. Por fim, o texto contribui com reflexões em torno de um campo deslizante que é o da recepção virtual e sua relação mais íntima com a virtualidade.

Downloads

Publicado

2022-06-29

Edição

Seção

Dossiê Temático